• Receba a planilha exclusiva e gratuita para Gestão de Projetos de P&D!

    E mais: participe da comunidade privada de +4000 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos. Sem spam. Só inovação.

MELHORES MOMENTOS DA APAS SHOW 2017 – ALIMENTOS NATURAIS E SAUDÁVEIS

Na primeira semana de maio, aconteceu em São Paulo a feira APAS Show – o principal evento brasileiro voltado ao setor varejista. Por lá, empresas de todos os segmentos procuram mostrar seus produtos e serviços para seus atuais e possíveis clientes. É um evento bastante tradicional no Brasil, que conta com a participação das principais empresas brasileiras – e, tradicionalmente, é o momento escolhido para o lançamento oficial de produtos.

Como já havia feito com a FISA 2016, eu rodei os pavilhões observando os lançamentos de alimentos de empresas de diversos portes. Todo o tipo de produto estava por lá: de bolos prontos a guloseimas, de vinhos a cerveja para cachorro, todos os tipos de queijo, pães, carnes e biscoitos. É uma festa para quem se interessa em inovação de alimentos!

Eu estive na feira no primeiro e segundo dia a convite do nosso cliente Docile – uma empresa jovem, bem estruturada e bastante preocupada com a Qualidade e Inovação. Aos colegas e amigos da Docile, meu muito obrigada pelo convite e pela recepção nestes dois dias de feira! Enquanto estive no stand, fiquei sabendo que a empresa está se preparando para um lançamento inovador que me deixou muito curiosa (e até ansiosa!). Contudo, esse vocês terão que esperar, não posso contar por enquanto 😉

Para facilitar a leitura, vou dividir os lançamentos conforme a sua categoria de produtos. Se você não foi à Apas Show ou se não pode visitar todos os stands, vem comigo nesta viagem pela inovação de alimento no Brasil (versão 2017!):


PRODUTOS NATURAIS E SAUDÁVEIS

alimentos naturais, apas, apas, sra inovadeira, inovação, alimento, engenharia, ciência, apas 2017, lançamento, P&D, pesquisa, desenvolvimento, R&D

Esta foi a grande categoria da feira: para onde você olhasse havia uma empresa ofertando produtos naturais, sem ingredientes não culinários, sem aditivos, orgânicos e cheios de funcionalidades.

Nesta onda se encaixa uma gama grande de escolhas e restrições alimentares – e pode-se ver um desenvolvimento bem intenso de produtos sem alergênicos, sem glúten, veganos, etc. Meio o que eu já havia previsto neste post, e mostrando que, se você não torcer o nariz para o novo enquanto é bem jovem, pode colher bons e saudáveis frutos na inovação de alimentos.

Uma característica da onda atual de saudabilidade – para o terror de algumas companhias de ingredientes – é que a grande maioria dos produtos lançados nesta categoria não tinha nenhuma adição. Enquanto que há algum tempo atrás “saudável” estava relacionado à adição de vitaminas, ômegas, fibras e outros pós mágicos, parece que a onda atual está no uso de ingredientes naturais e no não-uso de aditivos.

(ponto para as empresas que entenderam isso a tempo, e que se adequaram à nova consciência do consumidor brasileiro)

Começando com a Ateliê do Sabor, que já é bem conhecida do público paulista e carioca, e das cantinas dos principais prédios de escritório das nossas selvas de pedra. A empresa trouxe à APAS Show uma nova linha de saladinhas, um brownie, uma salada com salmão e novos produtos na linha de sanduíches.

Bastante interessante o modelo de entrega desde o campo em 24h que empresa adota – e que com certeza entrega ao seu usuário um valor muito importante nesta cadeia: frescor. Segundo o Coordenador de Vendas Rogério Clemente, a colheita ocorre às 5h para produtos que serão processados entre 14h e 22h, e entregues nos pontos de vendas no dia seguinte a partir das 5h da manhã.

Os produtos têm shelf-life de apenas 8 dias – o que, segundo ele, inverteu uma lógica de que apenas o produtor se importa com o acondicionamento e venda rápida do produto. Com um prazo de validade tão curto, ele pode ver o varejo se preocupando em fazer o giro na gôndola tanto quanto a empresa – o que, é claro, beneficia todo mundo, inclusive o usuário.

Tem como não visitar a Mãe Terra? Tem não!

Até porque por lá estava a visionária Raiza Ferraz, que atua no P&D da empresa. Foi a Raiza que me disse uma das coisas mais bonitas da feira:

 

Para desenvolver produtos naturais, não tem atalho.

É que a Raiza já desenvolvia alimentos em empresas tradicionais, quando entrou na Mãe Terra – e aí descobriu que não poderia mais usar melhoradores de farinha, realçadores de sabor e os corantes artificiais (e muitos naturais também não!). Tudo em prol de oferecer produtos mais próximos às receitas culinárias – e não às fórmulas de remédio.

mae terra, apas, sra inovadeira, inovação, alimento, engenharia, ciência, apas 2017, lançamento, P&D, pesquisa, desenvolvimento, R&D

Bem bacanas as linhas de biscoitos integrais orgânicos – que ela colocou as mãos para desenvolver – e a linha com assinatura da Bela Gil. A Raiza foi muito generosa e me presenteou com vários produtos, que vou testando aos poucos aqui em casa e mostrando para vocês.

Um dos que mais me chamou a atenção é o Ritto: um mix de arroz branco, vermelho, preto e moti. Eu, que adoro provar versões diferentes dos nossos pratos tradicionais, me encantei.

 

Lá na Flormel eu me deparei com esta frase controversa, que me fez pensar bastante. Realmente, ser líder de categorias é melhor do que inovar? Quem é líder hoje, e não inova porque já é líder, será que permanece líder para sempre?

Quem concorda? No stand da Flormel. #florilmel #tactafoodschool #srainovadeira #inovaçãodealimentos #apas2017 #apas

Uma publicação compartilhada por Sra Inovadeira (@srainovadeira) em

E será que inovar é realmente o mais importante para quem está focando em volume? Pode ser que não mesmo: e eu fiquei pensando em quem a Flormel estava cutucando com a frase, digamos, atípica para um stand.

Indo aos produtos, Crispies de grão de bico com sabores, chips de coco, frutas desidratadas recobertas com chocolate e outros snacks saudáveis faziam sucesso.

 

A Jasmine, habituê da categoria, repagina toda a marca e lança uma linha de pães fatiados sem glúten, nas versões tradicional e com frutas e castanhas. Gostei de ver uma opção às caras marcas que atendem ao público celíaco – e também a empresa se aventurando em uma linha um pouco diferente do seu padrão, com um shelf-life bem mais reduzido.

jasmine, pão, semm glúten, apas, sra inovadeira, inovação, alimento, engenharia, ciência, apas 2017, lançamento, P&D, pesquisa, desenvolvimento, R&D

 

Para tudo para mostrar o stand desbunde-uvístico da Benassi, tradicional fornecedora de frutas da região do Circuito das Frutas de SP. Não é a coisa mais linda?

 

benassi, uva, sem glúten, apas, sra inovadeira, inovação, alimento, engenharia, ciência, apas 2017, lançamento, P&D, pesquisa, desenvolvimento, R&D


A matéria sobre a Apas Show 2017 continua com:

CHOCOLATE E OUTRAS COISAS DOCES DELICIOSAS

CARNES E PROCESSADOS

BEBIDAS NATURAIS E OUTRAS COISAS LÍQUIDAS BACANAS


Tem perguntas? Talvez você queira ler as nossas Perguntas Frequentes a respeito desta série da APAS SHOW 2017.

Sobre Cristina Leonhardt

Mãe, viajante, escritora e apaixonada por inovação. Fundadora do site Sra Inovadeira e co-fundadora da Tacta Food School, onde atua como Diretora de Inovação para projetos de Gestão Estratégica de P&D e Desenvolvimento de Produtos. Mentora da Terra Accelerator. Eu quero que você alcance todo o potencial de inovação que existe dentro da sua empresa de alimentos. Se conseguirmos criar um produto diferenciado, não teremos mais consumidores. Teremos uma legião de fãs. Quer me conhecer melhor: pode me adicionar no Linkedin
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Receba a planilha exclusiva e gratuita para Gestão de Projetos de P&D!

    E mais: participe da comunidade privada de +4000 visionários de alimentos que recebe dicas e insights exclusivos. Sem spam. Só inovação.